Você Que É Trabalhador Temporário, Veja Quais São Seus Direitos

No Brasil, diversas modalidades de trabalhador tem muitos direitos. E por causa disso, existem dúvidas e questionamentos que muitos deles tem. E uma das classes de trabalhadores mais comuns, hoje, vai saber sobre seus direitos: o trabalhador temporário.

O fato é que muitos trabalhadores não sabem ao certo seus direitos e um deles é o trabalhador temporário, não sabendo ao certo como funciona esse modelo de contrato de trabalho. No modelo de trabalho temporário existem vantagens e alguns problemas que podem vir a acontecer.

Sendo assim, hoje falaremos sobre os direitos do trabalhador temporário, as diferenças do trabalhador temporário e os desafios desse contrato de trabalho.

O que é o trabalhador temporário e qual é a diferença para os outros?

O trabalhador temporário, que em sua maioria é contratado apenas no final do ano, trabalha em diversas áreas do comércio espalhados pelo Brasil. O trabalhador temporário é contratado para trabalhar em diversas posições, sendo especialmente no atendimento, despachos e vendas.

O trabalhador temporário é um reforço muito importante e sua contratação tem alguns diferenciais no seu contrato. Ele pode substituir funcionários temporariamente ou ainda reforçar o quadro da empresa.

Porém, os direitos do trabalhador temporário ainda geram muitas dúvidas nas pessoas.

Vantagens do trabalhador temporário

Trabalhar como trabalhador temporário é interessante e pode trazer muitas vantagens, mesmo que inicialmente, não seja uma vaga de trabalho definitiva.

Isso porque existe uma boa chance de esse trabalhador ser contratado definitivamente pela empresa, já que durante nesse período, as empresas estão passando ajustes no seu quadro de funcionários.

Mais uma informação importante e legal é que o trabalhador temporário, em especial os que estão no setor de vendas, tem a possibilidade de ganhar ótimas remunerações adicionais por causa das comissões. Sendo assim, essa é uma excelente forma de aumentar os ganhos e guardar dinheiro até que consiga um novo trabalho.

E os direitos do trabalhador temporário?

O trabalhador temporário tem seus direitos poucas diferenças quando comparados ao trabalho fixo, ou seja, ao trabalho no regime CLT. Isso quer dizer que a Carteira de Trabalho é assinada quase da mesma forma, apenas com uma diferença:

O contrato de trabalho tem validade de três meses, podendo ser prorrogado de acordo com autorização do Ministério do Trabalho.

Existem ainda outros direitos que o trabalhador temporário possui, que são: vale transporte, refeição, alimentação, plano de saúde e outros benefícios que o trabalhador fixo tem.

A diferença é que alguns benefícios são menores e ainda podem ser diferentes, por causa do trabalho.

Interrupção do contrato de trabalho

Outro ponto importante trata da questão da interrupção dessa forma de contrato de trabalho.

Isso porque o trabalhador temporário tem no seu contrato de trabalho um prazo de validade estabelecido e ao final dos três meses, não existe multa rescisória por parte da empresa que o contratou, já que o trabalhador sabia que o contrato de trabalho estava já estabelecido.

Porém, mesmo que as multas não sejam aplicadas, o saque do FGTS pode ser realizado, do mesmo jeito que o trabalhador fixo (regime CLT) também pode fazer o saque do FGTS.

Veja também:

Preste atenção  

É muito importante entender que o contrato de trabalho do trabalhador temporário deve ser cumprido totalmente, ou o mais próximo do tempo total. E se o contrato de trabalho do trabalhador temporário for interrompido por parte da empresa sem justa causa, todas as taxas junto com a multa de 40% do FGTS são cabíveis.

Ah, e outros requisitos como horas extras e coisas simulares também são cabíveis, sendo importante manter um limite de horas extras mensal, devendo ser pagas com 50% de acréscimo, além do adicional do turno da noite (noturno) e outras situações também aplicáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima