CNH Social

Carteira De Motorista Gratuita (CNH Social): Mais De 4 Mil Vagas Estão Abertas

Muitas pessoas desejam ter a Carteira de Motorista, mas por causa do seu custo elevado, essa possibilidade não existe. E pensando em atender as pessoas de baixa renda, o Governo de vários estados disponibilizam a Carteira de Motorista sem custo algum, que é a CNH Social.

No processo de seleção para ter a CNH Social estão disponíveis três categorias: rural, estudantil e urbana. O objetivo da CNH Social é fornecer a primeira Carteira de Motorista nas categorias A e B ou ainda para quem já tem a CNH, a adição da categoria A ou B e ainda a mudança da B para D.

E um dos estados que disponibilizam a CNH Social é o Goiás. Ao todo, são mais de 4 mil vagas que estão em aberto e os candidatos terão isenção das taxas de Detran. Ah, os exames médicos, psicológicos e toxicológicos também serão gratuitos. E caso o candidato seja PCD, as despesas com a junta médica também estão inclusas.

Além disso, o programa que disponibiliza a CNH Social tem a inclusão do curso teórico, da legislação de trânsito, de aulas práticas de direção e até três retestes.

Veja também:

E como se inscrever na CNH Social do estado de Goiás?

CNH Social

A inscrição no estado do Goiás para ter a CNH Social pode ser realizada pelo site do Detran, devendo seguir o passo a passo que está no site.

Na modalidade estudantil, é necessário que o estudante tenha idade entre 18 e 25 anos. Além disso, é necessário estar inscrito no Cadastro Único e/ou no Pronaf.

Nessa modalidade da CNH Social ainda é necessário ter terminado o ensino médio na rede publica de ensino estadual. Vale salientar que apenas nessa modalidade um dos critérios que será usado para desempate será a nota média verificada pela Secretaria de Educação do Estado do Goiás.

Já na modalidade rural e urbana, as inscrições para ter a CNH Social podem ser realizadas por pessoas que tem idade superior a 21 anos e que são moram no estado do Goiás.

É necessário ainda estar inscrito no Cadastro Único e/ou no Pronaf. Outro critério que deve ser seguido é saber ler e escrever e ainda deve se encaixar nos critérios do Código Nacional de Trânsito.

De acordo com o Governo do Goiás, as pessoas que possuem deficiência terão reservada 5% das vagas para ter a CNH Social. No entanto, a reserva não tem validade para a mudança para a categoria D. Nesse caso, não terá reserva de vagas para PCDs.

CNH Social

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima