Prouni

Prouni 2020.2: Saiba O Que É Necessário Para Se Inscrever Nas Últimas Vagas

O MEC (Ministério da Educação) divulgou o edital para o preenchimento das últimas vagas do Prouni (Programa Universidade para Todos), ou seja, das bolsas remanescentes. O edital trata do processo de seleção para as bolsas disponíveis para o segundo semestre desse ano, ou seja, de 2020.

Ao todo, serão mais de 90 mil vagas disponíveis (bolsas remanescentes) pelo Prouni. Dessa forma, o estudante que se interessar deve ficar de olho para não perder o prazo para realizar sua inscrição. Inclusive, a inscrição já pode ser realizada por que começou nesta terça, dia 15 de setembro e vai até o dia 30 também de setembro.

Outro ponto importante é que as vagas restantes do Prouni serão exclusivamente para os alunos que realizaram sua inscrição em uma instituição privada, mas que não obtiveram aprovação no decorrer do processo seletivo regular.

As bolsas disponíveis pelo Prouni podem ocorrer por diversos fatores, como por exemplo: desistência de candidatos que haviam de forma previa sido selecionados ou por que esses alunos tenham deixado de fornecer alguma documentação.

Prouni – quem pode se inscrever e como?

Prouni

Para realizar as inscrições de forma gratuita, o aluno deve acessar site do Prouni. Vale salientar que as inscrições são obrigatoriamente pelo site do Prouni.

E para concorrer as bolsas integrais, que são 100% do valor que é cobrado pelas instituições de ensino, é necessário que o estudante comprove renda familiar bruta mensal por cada pessoa de até R$ 1,5 salário mínimo, ou seja, um salário mínimo e meio.

Já nos casos das bolsas parciais do Prouni, ou seja, com 50% do valor cobrado pelas instituições, a renda familiar bruta deve ser de no máximo três salários mínimos por cada pessoa.

Ah, outro ponto importante sobre as vagas do Prouni, sendo pré-requisito é que o estudante deve ser brasileiro, não deve possuir diploma de curso superior e deve ainda ter participado no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) recentemente e ter conseguido nota de no mínimo 450 pontos em média.

Além disso, é obrigatório que o aluno não tenha zerado a prova de redação.

Aliás, pessoas que possuem deficiência também podem se inscrever e não estudantes também podem se inscrever.

Os não estudantes devem ser professores da rede pública de ensino, devem estar efetivamente magistrando na educação básica, ser integrante do quadro permanente da instituição pública e ser concorrente a bolsas nos cursos com grau de licenciatura que são destinados a formação do magistério da educação básica.

Veja também:

Inscrição do Prouni – mais detalhes

A lista de instituições e cursos que fornecem, ou melhor, que disponibilizam as últimas bolsas pelo Prouni estão disponíveis pelo sistema de inscrição.

Dessa forma, o candidato pode escolher por ordem de preferência até duas instituições de ensino, curso e o turno entre as bolsas disponíveis, estando de acordo com seu perfil pessoal.

Um ponto relevante e que deve ser entendido pelo candidato é que a inscrição no Prouni não garante uma das vagas, ou seja, não garante uma das bolsas para o candidato. Isso por que o preenchimento das vagas vai depender dos requisitos que devem ser atendidos pelo candidato.

Segundo informações do Ministério da Educação, os candidatos que já estão matriculados em alguma instituição de ensino privada de ensino superior poderão se inscrever em uma das vagas disponíveis desde que seja nessa mesma instituição de ensino.

No entanto, a bolsa não terá validade retroativa para fins de mensalidade, estando vigente desde a data de emissão do Termo de Concessão de Bolsa Remanescente.

Já os candidatos que se inscreveram no Prouni em uma opção de bolsa e decidiram muda-la devem estar atentos ao período de inscrição, já que a mudança só poderá ser realizada enquanto o sistema estiver aberto.

Ao realizar a confirmação da alteração ou cancelamento da inscrição no Prouni, a bolsa que o candidato estava inscrito será disponibilizada para uma nova inscrição para um novo candidato.

É muito importante estar de olho em todas as informações, já que a bolsa do Prouni pode não estar mais a disposição.

E estar de olho também é valido para os candidatos que não estão matriculados em algum curso superior, mas que desejam se inscrever em uma bolsa remanescente.

E se no momento da inscrição do Prouni, ou melhor, da matricula do estudante, o curso já estiver com mais de 25% do seu andamento realizado, a instituição garante a entrada na abertura do próximo semestre de acordo com a emissão do Termo de Concessão de Bolsa e suspensão até o próximo período letivo. Isso significa que será preciso esperar por mais seis meses para que as próximas aulas sejam iniciadas.

Em caso de mais dúvidas acesse o site do Prouni ou ligue: 0800 616161.

Prouni

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima