Liberado Lucro Do FGTS – Confira O Valor Que Você Tem Direito

Os trabalhadores do Brasil que tem conta no Fundo de Garantia (FGTS) vão receber o lucro do FGTS proveniente ao ano de 2019. Ao todo, cerca de R$ 7,5 bilhões serão liberados para esses trabalhadores. Esse valor é equivalente a 66,2% do lucro do Fundo de Garantia (FGTS) do ano passado.

Esse lucro será distribuído proporcionalmente ao saldo das contas que estão vinculadas. O valor do lucro já foi depositado.

Confira os valores do lucro FGTS distribuídos ainda em 2012

Saldo em 31/dezembro de 2019 Rendimento em 2019: correção monetária paga mês por mês (3%/ano) + lucro de 1,84% em 2019 Lucro total pago de 1,84% pago em 31 de agosto
R$ 1.000 R$ 48,40 R$ 18,40
R$ 5.000 R$ 242 R$ 92
R$ 10 mil R$ 484 R$ 184
R$ 20 mil R$ 968 R$ 368
R$ 50 mil R$ 2.420 R$ 920
R$ 100 mil R$ 4.840 R$ 1.840

O conselho disse que com a distribuição do lucro do FGTS, o rendimento de forma anual do fundo vai chegar a 4,9%, ultrapassando a inflação do ano passado, que ficou em 4,31%. Dessa forma, os trabalhadores terão ganhos reais. Vale salientar que o percentual é referente ao rendimento de forma anual do FGTS juntamente com a distribuição do lucro.

Rendimento do FGTS

Por lei, o rendimento do FGTS é de 3%. E com a distribuição do seu lucro, o rendimento do FGTS referente ao ano de 2019 vai passar para 4,9%.

Isso significa que sem esse salário, para o valor de R$ 100 reais que cada trabalhador tinha na conta no inicio de 2019, ele teria no final do período, o valor total de R$ 103 reais. Depois da distribuição do lucro do FGTS, o saldo ficaria em R$ 104,90.

Dentro desse contexto, o trabalhador terá direito ao valor de R$ 1,90 para cada R$ 100 reais que ele tinha de saldo FGTS em 31 de dezembro. O deposito será realizado na conta no dia 31 de agosto.

Segundo informações divulgadas pela Caixa Econômica, os valores do lucro FGTS serão depositados em um total de 167 milhões de contas ativas e inativas. E o valor médio distribuído será de R$ 45 reais.

E quem sacou o FGTS?

Um ponto que deve ser bem entendido pelo trabalhador é que o rendimento do FGTS se refere ao ano passado, ou seja, 2019, mesmo ele sendo depositado, ou melhor, pago. Isso significa que os depósitos serão realizados de acordo com o valor nas contas referentes ao dia 31 de dezembro de 2019.

As pessoas que sacaram o FGTS seja por demissão ou para adquirir a casa própria, por exemplo, também terá direito ao lucro FGTS.

E quem realizou o saque antes do dia 31 de dezembro vai ter direito ao dinheiro de forma proporcional ao que ele possuía na conta no dia 31 de dezembro.

E como sacar o lucro FGTS?

O valor do lucro FGTS será depositado nas contas do próprio FGTS dos trabalhadores. O saque e os requisitos referentes aos saques não se modificam com o novo deposito do FGTS.

Os trabalhadores que foram demitidos sem justa causa, que encerraram o contrato por causa do prazo determinado, que deram entrada para adquirir o próprio imóvel ou deram entrada na aposentadoria terá acesso ao saldo total do recurso do FGTS.

Rendimento superior a poupança

O rendimento do Fundo de Garantia, ou melhor, do FGTS foi acima ao rendimento da poupança (rendeu 4,26%) e também à inflação, que teve alta de 4,31% no ano de 2019.

Veja também:

Lucro do FGTS  

O lucro referente ao FGTS não é novidade para esse ano, ou seja, 2020. No ano passado foi distribuído 100% do lucro do FGTS de 2018, levando a rentabilidade das contas do FGTS próximo a 6%.

No ano de 2017, a mesma lei que liberou os saques do FGTS das contas inativas também determinou que houvesse a distribuição de 50% referente ao lucro do fundo.

Outras informações sobre o FGTS, você trabalhador, pode encontrar no site da Caixa ou pelos telefones: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima