Auxílio Emergencial Vai Passar Por Revisão Completa Dos Beneficiários

O Auxílio Emergencial vai ser revisado de forma mensal sobre sua lista de beneficiários a partir do próximo mês, outubro. A decisão sobre a revisão foi anunciada nesta quarta, dia 09 de setembro pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O TCU tinha anunciado a revisão do Auxílio Emergencial para o mês de setembro, porém, o Ministério da Cidadania disse que não havia condições para começar o recadastramento a tempo e solicitou o que houvesse o adiantamento para outubro.

Além disso, o TCU entende que a revisão de forma mensal vai ajudar o Governo Federal a excluir do cadastro as pessoas que não tem mais direito ao Auxílio Emergencial, por que, pode ter conseguido um emprego formal, por exemplo.

Vale salientar que de acordo com o último relatório realizado pelo TCU, um total de R$ 42 bilhões pode ser ter sido pago indevidamente. O montando do Auxílio Emergencial total que pode ter sido pago indevidamente chega quase ao custo mensal total do programa, que é de R$ 51 bilhões.

O Governo Federal confirmou que o Auxílio Emergencial será pago até dezembro com o valor de R$ 300 reais. Ao todo serão mais quatro parcelas.

Veja também:

Auxílio Emergencial prorrogado

A extensão do benefício do Auxílio Emergencial foi confirmada por Bolsonaro, presidente do Brasil, em mais quatro pagamentos no valor de R$ 300 reais. Além disso, as quatro parcelas serão oficializadas através de uma Medida Provisória.

Nesse ano, cinco parcelas do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 já foram depositadas para que as pessoas de baixa renda, MEIs, trabalhadores informais, autônomos, desempregados e mães chefes de famílias pudessem se manter durante a pandemia.

Outro ponto relevante é que Jair Bolsonaro disse que o valor pode ser pequeno para quem recebe, mas é alto para quem paga. Segundo cálculos realizados pele equipe econômica, o impacto do benefício mensalmente foi de R$ 50 bilhões durante essa primeira fase do programa.

Caso, o beneficiário queira mais informações sobre o Auxílio Emergencial, o site da Caixa pode ser consultado ou seus telefones para contato: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima