Confirmado: Mais R$ 1.200 De Auxílio Emergencial

A prorrogação do pagamento do Auxílio Emergencial foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro. A extensão do benefício será até o final do ano e também foi confirmada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ao todo serão mais 4 parcelas do Auxílio no valor de R$ 300 reais. Isso significa que será pago um adicional que vai chegar a R$ 1.200 reais. Vale salientar que o novo valor do Auxílio Emergencial ainda vai passar por votação no Congresso Nacional.

O presidente ainda afirmou que procurou um “meio-termo” para achar um valor mais adequado do novo Auxílio Emergencial, já que o valor de R$ 600 custa em torno de R$ 50 bilhões todo mês aos cofres públicos.

No entanto, para Bolsonaro, o valor de R$ 300 reais ainda não é o valor ideal: “Não é um valor o suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então, decidimos aqui, até atendendo a economia em cima da responsabilidade fiscal, fixa-lo em R$ 300”, disse Bolsonaro.

Esse ano foi depositado pelo executivo o valor de R$ 600 reais em cinco parcelas para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. A ideia é ajudar todos os trabalhadores autônomos, mães chefes de família (podem receber ate duas parcelas), MEI (Micro Empreendedor Individual) e desempregados.

Veja também:

Auxílio Emergencial: menos parcelas para algumas pessoas  

Mesmo com a prorrogação do Auxílio Emergencial em mais 4 parcelas de R$ 300 reais, existem beneficiários que terão direito a menos parcelas da prorrogação que foi confirmada pelo presidente. Essas informações foram publicadas pelo portal UOL.

Segundo informações do próprio Governo, somente as pessoas que começaram a receber o Auxílio Emergencial em abril vão conseguir receber todos os pagamentos. Já os demais beneficiários receberão menos parcelas.

O Ministro da Cidadania disse que o número de parcelas de R$ 300 reais vai depender do período que o cidadão começou a receber o Auxílio Emergencial.

No entanto, existem um grande impasse por que de vários brasileiros receberam o Auxílio tardiamente por causa da demora de análise do Governo. Com isso, muitas pessoas passaram a receber o Auxílio Emergencial depois que o pagamento de R$ 600 passou a ser realizado.

Além disso, existe ainda aquelas pessoas que realizaram o pedido mais tarde, que receberam após contestar uma negativa ou ainda conseguiram o Auxílio Emergencial depois de entrar com uma ação judicial.

Acesse o site da Caixa ou ligue para obter mais informações: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima