Auxílio Emergencial De R$ 300 Vai Precisar De Uma Nova Inscrição?

Durante essa semana, o Governo Federal aprovou o novo Auxílio Emergencial no valor de R$ 300 reais, que será mais pago em mais 4 parcelas.

E além de ter um valor menor, o novo Auxílio Emergencial também terá novas regras e parte das pessoas que receberam as cinco primeiras parcelas deverão deixar de receber.

No entanto, não será necessário realizar uma nova inscrição para continuar recebendo o Auxílio. Outro ponto importante é que o Governo vai realizar uma nova avaliação de parte da população que está recebendo e as pessoas que não se encaixarem nos novos critérios não terão direito ao benefício.

Isso significa que uma quantidade menor de pessoas vai receber o Auxilio Emergencial.

E quem não terá direito ao novo Auxílio Emergencial de R$ 300?

A seguir, veja quem não terá direito ao novo Auxílio Emergencial no valor de R$ 300 reais.

– Pessoas que conseguiram um emprego formal após terem recebido o Auxílio Emergencial;

– Quem recebeu benefício previdenciário, seguro desemprego ou algum programa de transferência de renda federal depois de receber o Auxílio Emergencial (com exceção do Bolsa Família);

– Quem possuir renda acima de meio salário mínimo por pessoa ou possuir renda familiar acima de três salários mínimos;

– Quem morar fora do Brasil;

– Quem recebeu no ano de 2019 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;

– Pessoas que tinham até o dia 31 de dezembro, posse ou propriedade de bens ou direitos no valor total acima de R$ 300 mil reais;

– Quem em 2019 recebeu rendimentos isentos não tributáveis ou tributados de forma exclusiva na fonte cujo a soma seja superior a R$ 40 mil reais;

– Quem tiver sido declarado como dependente do Imposto de Renda de alguma pessoa que se encaixe nos itens 5, 6 ou 7 acima;

– Quem estiver preso no regime fechado;

– Quem tiver menos de 18 anos, com exceção de mães adolescentes;

– Quem possa indicativo de óbito nas bases de dados do Governo Federal.

Veja também:

E como receber o Auxílio Emergencial de R$ 300 reais?

As pessoas que receberam o Auxílio Emergencial de R$ 600 reais nos meses anteriores não vão precisar pedir os novos pagamentos. Os depósitos serão feitos desde que os beneficiários se encaixem nos critérios estabelecidos na Medida Provisória do novo Auxílio Emergencial.

E as novas parcelas do Auxílio Emergencial serão pagas do mesmo jeito que as parcelas anteriores:

– De acordo com o calendário do Bolsa Família para quem for beneficiário do Bolsa Família; e

– Através do crédito em poupança social digital da Caixa para os demais beneficiários.

Segundo o Governo Federal, ainda não foi definido o calendário de pagamentos referente a novas parcelas do Auxílio Emergencial.

Além disso, quem já recebe o Auxílio Emergencial não vai mais precisar requerer o pagamentos das novas parcelas, já que elas serão pagas independentes do novo requerimento, desde o beneficiário se encaixe nos critérios.

No site da Caixa, o beneficiário encontra mais informações sobre o Auxílio Emergencial e pelos telefones também: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima