auxílio emergencial

Veja Como Serão Realizados Os Novos Pagamentos Do Auxílio Emergencial De R$ 300

Nesta quinta feira, dia 3, foi publicada uma Medida Provisória que garante o pagamento de mais 4 parcelas do Auxílio Emergencial, sendo seu novo valor de R$ 300 reais.

As pessoas que tem direito ao Auxílio Emergencial   vão receber de forma automática as quatro parcelas de R$ 300 reais e para as mães que são chefes de família, o valor é dobrado, sendo de R$ 1200 reais.

Calendário de pagamento

auxílio emergencial

As novas parcelas do Auxílio Emergencial serão pagas depois que os pagamentos do valor atual de R$ 600 forem finalizados. As pessoas que são beneficiarias do Bolsa Família devem seguir o calendário de pagamento, onde a liberação acontece nos últimos 10 dias do mês.

Já para os demais trabalhadores, os pagamentos serão realizados até o mês de dezembro. No entanto, até o presente momento, o calendário não foi definido.

A Medida Provisória aponta que os pagamentos ocorrerão até o dia 31 de dezembro.

Veja também:

Não são todos os trabalhadores que receberam os R$ 600 que vão receber os R$ 300

A Medida Provisória de liberação de mais 4 parcelas do Auxílio Emergencial também alterou alguns requisitos sobre a renda para poder direito ao benefício. Isso por que além das regras que já estavam estabelecidas, existe a possibilidade de novos fatores fazerem com alguns beneficiários não recebam mais.

E dentro dessas medidas, o Governo excluiu a possibilidade de os presos que estão em regime fechado e brasileiros que moram fora do Brasil receberem o Auxílio Emergencial.

Vale salientar que a Medida Provisória já está em vigência de forma imediata, no entanto, ainda será avaliada pelo Congresso Nacional.

Os requisitos gerais de recebimentos foram mantidos. Dessa forma, continua tendo direito ao Auxílio Emergencial a pessoa que possui renda per capita em um valor máximo de meio salário mínimo ou ainda renda familiar total de até três salários mínimos.

Em caso de mais informações acesse o site da Caixa ou ligue para: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

auxílio emergencial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima