Não Quer O FGTS De R$ 1.045? O Trabalhador Deve Avisar 10 Dias Antes

O trabalhador que não quiser sacar o FGTS emergencial de R$ 1.045 deverá avisar a Caixa Econômica 10 dias antes do inicio do calendário do crédito em conta poupança social digital para que o valor não seja depositado.

Vale lembrar que o calendário de pagamento do FGTS emergencial está de acordo com o mês que cada trabalhador nasceu.

Calendário de saque do FGTS emergencial

Mês que o trabalhador nasceu Crédito na conta Saque ou transferência
Janeiro 29/junho 25/julho
Fevereiro 6/julho 08/agosto
Março 13/julho 22/agosto
Abril 20/julho 05/setembro
Maio 27/julho 19/setembro
Junho 03/agosto 03/outubro
Julho 10/agosto 17/outubro
Agosto 24/agosto 17/outubro
Setembro 31/agosto 31/outubro
Outubro 08/setembro 31/outubro
Novembro 14/setembro 14/novembro
Dezembro 21/setembro 14/novembro

Cancelamento do FGTS emergencial

E para cancelar o recebimento do FGTS emergencial depois de consultar o saldo é necessário clicar em “Não quero receber”.

E o cancelamento pode ser realizado através dos seguintes canais:

Site Caixa

Internet Banking Caixa

Aplicativo FGTS

Ainda segundo a Caixa Econômica, se o FGTS emergencial tiver sido realizado na poupança social digital do trabalhador e se essa conta não tiver movimentação até o dia 30 de novembro, os recursos vão retornar a conta FGTS.

Veja também:

Poupança digital

No momento inicial, a movimentação do valor do saque do FGTS poderá ser realizada através do Aplicativo Caixa Tem. Porém, a partir da data de disponibilização dos valores para transferência ou saque, os trabalhadores terão direito de transferir os recursos para contas de qualquer outro banco sem custo algum. E poderá ainda realizar saques em dinheiro nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima