Crédito Extra FGTS – Caixa Começa A Depositar

O lucro do FGTS (Fundo de Garantia do tempo de Serviço) já está sendo antecipado pela Caixa Econômica. Vale salientar que a Caixa tinha o prazo até 31 de agosto para realizar o deposito, mas o valor já está sendo depositado e as pessoas podem consultar o novo saldo.

Ao todo foram liberados R$ 7,5 bilhões reais, que é o equivalente a 63,23% do lucro do FGTS. Dessa maneira, a rentabilidade ao ano do FGTS ficou registrada em 4,9% maior que a inflação, poupança e dólar.

Os trabalhadores que tem direto ao FGTS já podem consultar para saber quanto vai receber de crédito de acordo com a distribuição dos resultados em relação ao ano de 2019.

E para consultar, o trabalhador pode usar o aplicativo FGTS ou ainda acessar o site da Caixa. A informação será encontrada como “cred dist resultado ano base 12/2019”.

Confira os valores do FGTS que serão distribuídos:

Saldo/31 de dezembro de 2019 Rendimento total em 2019: correção monetária paga mês a mês, sendo 3% ao ano + lucro de 1,84% em 2019 Lucro de 1,84%, sendo pago em 31 de agosto
R$ 1000 reais R$ 48,40 R$ 18,40
R$ 5000 reais R$ 242 R$ 92
R$ 10 mil reais R$ 484 R$ 184
R$ 20 mil reais R$ 968 R$ 368
R$ 50 mil reais R$ 2.420 R$ 920
R$ 100 mil reais R$ 4.840 R$ 1.840

Rendimento do FGTS

Por lei, o rendimento anual de FGTS é de 3%. E com a distribuição dos lucros, o rendimento do fundo FGTS passa para 4,9%.

Isso significa que sem salário, para cada R$ 100 reais que o trabalhador tinha na conta no inicio do ano de 2019, ele teria ao final do período, a soma de R$ 103 reais. Depois da distribuição do lucro do FGTS, o saldo seria de R$ 104,90.

Isso quer dizer que na prática o trabalhador irá receber R$ 1,90 para cada R$ 100 reais que ele tinha direito no FGTS no dia 31 de dezembro.

Segundo informações da Caixa Econômica, os valores depositados serão R$ 167 milhões de reais em contas ativas e inativas, que vão receber o crédito em distribuição de resultados. O valor em média de distribuição do FGTS será de R$ 45 reais.

Referente ao no de 2019

Vale salientar que o rendimento do FGTS se refere ao ano de 2019, mesmo ele sendo pago apenas nesse mês de agosto. Dessa maneira, os depósitos serão efetuados considerando o valor nas contas na data de 31 de dezembro de 2019.

As pessoas que sacaram o FGTS após 31 de dezembro, seja por demissão ou para adquirir a casa própria, por exemplo, também terá direito ao lucro.

E quem realizou o saque antes de 31 de dezembro irá receber o valor proporcional ao valor que tinha na conta no dia 31.

Como sacar o lucro do FGTS

O valor referente ao crédito extra do FGTS será depositado nas próprias contas do FGTS dos trabalhadores do Brasil. O saque do lucro do FGTS e os pré-requisitos para efetuar os saques não serão alterados com o novo deposito do FGTS.

Os trabalhadores que foram demitidos sem justa causa, que o contrato de trabalho foi encerrado, que deram entrada em própria moradia ou na aposentadoria terá acesso ao saldo total do recurso.

Veja também:

Lucro FGTS

O lucro do FGTS não é uma novidade para esse ano de 2020. Isso por que no ano de 2019 foi distribuído 100% do lucro do FGTS em relação ao ano de 2018, o que levou a rentabilidade das contas do FGTS para perto dos 6%.

Já em 2017, a mesma lei que fez a liberação dos saques referentes as contas inativas do FGTS também determinou a distribuição de 50% em relação ao fundo.

Mais informações acesse o site da Caixa ou ligue: 0800 726 0207.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima