Auxílio Emergencial – Mais Dois Grupos Tem O Recebimento Prorrogado

O Governo Federal vai prorrogar por mais dois meses do prazo máximo dos acordos sobre a suspensão do contrato de trabalho e redução de jornada e salário. E esse decreto também vai ampliar por mais dois meses o Auxílio Emergencial que está sendo pago aos trabalhadores intermitentes. Até o momento, o Auxílio Emergencial seria pago por 120 dias. Ah, e a concessão vai acontecer de forma automática, não sendo necessário um novo acordo.

Desde o ano de 2017, com a reforma trabalhista, existe a modalidade de trabalho de forma intermitente. Através dele é possível contratar trabalhadores sem horário fixo de trabalho.

Dessa forma, eles ganham por horas trabalhadas. Essa medida foi criada para amenizar a crise que está sendo gerada pela pandemia do coronavírus e para diminuir o ritmo de de fechamento de vagas de trabalho até o fim de 2020. Vale salientar que essa medida garanta mais estabilidade no emprego durante o período que é equivalente ao acordo.

Para que os acordos sejam renovados, as empresas deverão aguardar que o Decreto do Presidente Jair Bolsonaro tenha sua publicação no Diário Oficial da União. A minuta já foi mandada pela equipe econômica.

Veja também:

+ Lucro do FGTS – veja quanto você vai ganhar. 

++ PIS/Pasep tem mais um lote liberado – confira.

Prorrogação do Auxílio Emergencial

Está programado para esta terça, dia 1º de setembro, a prorrogação do benefício do Auxílio Emergencial, que é pago para as pessoas vulneráveis e aos trabalhadores informais durante a pandemia do coronavírus. A confirmação da prorrogação do Auxílio Emergencial foi feita pelo deputado Arthur Lira (PP-AL), que é o líder do bloco do centrão.

O Governo Federal que iria anunciar  novas medidas para gerar mais emprego e renda na terça feira, dia 25 de agosto. Porém, o anuncio foi adiado após o presidente ter rejeitado a proposta que foi apresentada pelo Ministério da Economia para o Programa Social Renda Brasil.

Ainda sobre o Renda Brasil, o Governo quer ampliar o número de beneficiários do Bolsa Família, que dará lugar ao nono programa. O valor máximo pago pelo Bolsa Família atualmente é de R$ 205,00 e a ideia do Renda Brasil é que esse valor fique entre R$ 250 e R$ 300.

Mais informações sobre o Auxílio Emergencial acesse o site da Caixa ou ligue:

  • 0800 726 0101 – SAC,
  • 0800 725 7474 – Ouvidoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima