BPC/LOAS Do INSS Terá Pagamento De R$ 1.045 A Partir De Setembro

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) informou que vai iniciar o processo para implantar automaticamente os benefícios sociais que foram concedidos pelo Justiça, tendo a previsão de inicio para setembro.

E entre esses processos está o BPC/LOAS – Benefício de Prestação Continuada, que é voltado para o cidadão idoso ou para o deficiente de baixa renda.

A iniciativa é uma parceria do INSS juntamente com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e tem a finalidade de trazer rapidez nos pagamentos para os segurados que ganham ações judiciais.

Em nota divulgada, a autarquia disse que “(..)  está focando nos benefícios assistenciais e tem trabalhado para fazer a interligação com os sistemas da Justiça. Esta primeira fase de interligação está prevista para setembro”.

Processos automatizados

O atendimento que é referente a essa demanda judicial está sendo atualmente pelos servidores do INSS. E agora, com a interação dos sistemas, as concessões ficarão ainda mais automatizadas e vai gerar uma redução no tempo que é gasto no decorres dessas análises. Além disso, a ideia á afastar erros possíveis no suporte da demanda.

Segundo as informações Lívia Peres, que é auxiliar da presidência no CNJ, o magistrado poderá emitir os processos informatizados, uma ordem de restabelecimento ou implantação de benefícios diretamente ao INSS para que a decisão da autarquia federal seja cumprida.

Além disso, a partir da automação, uma ordem judicial que levarias meses, agora vai demorar poucos minutos. Vale salientar que no começo de 2020, em torno de 200 mil decisões judiciais estavam pendentes para serem cumpridas no INSS. E agora, a expectativa é de que os processos de tornem mais rápidos e seguros.

Veja também:

+ PIS Emergencial de até R$ 1.045 disponível ainda em 2020 – confira.

++ Calendário do saque emergencial disponível – confira.

Agências voltam em agosto

O Governo adiou para a data de 3 de agosto o retorno de forma presencial nas agências do INSS. A medida foi publicada na quarta feira, dia 8, em uma portaria em conjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e do INSS.

Dessa forma, fica prorrogado até o dia 31 de julho o atendimento exclusivo através do site ou aplicativo Meu INSS e pela central telefônica 135. De toda, forma, o atendimento pelo canais remotos continuara sendo realizado mesmo após abertura.

Ainda de acordo om informações do INSS, o adiamento ficou definido após uma nova avaliação das informações que foram apresentadas pelo grupo de trabalho responsável pelo plano de abertura que indicou que um pequeno número de agências todos os requisitos estabelecidos até a data de 13 de julho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima