Governo Anuncia Valor Do Renda Brasil – Novo Bolsa Família

O novo Bolsa Família, ou melhor, o Renda Brasil teve seu valor anunciado pelo Governo e vai pagar entre R$ 250 e R$ 300.

O novo Programa Social Renda Brasil vai substituir o Bolsa Família e está sendo preparado pelo Governo Federal com previsão de pagamento para as pessoas de baixa renda. E a confirmação do Renda Brasil foi feita pelo ministro da economia Paulo Guedes em entrevista concedida a radio Jovem Pan.

A ideia do Renda Brasil é unificar os programas sociais existentes dentro de apenas uma política básica de saúde. De acordo com a previsão, o novo benefício deve entrar em vigor logo após que o auxílio emergencial tiver finalizado, sendo possível no mês de outubro.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pretende contemplar uma parte dos trabalhadores que estão tendo direito ao auxílio emergencial no valor de R$ 600. Além disso, existe a ideia de aumentar o valor que pago pelo Bolsa Família.

E caso esse aumento seja confirmado, o valor deve aumentar entre R$ 50 e R$ 100. Vale salientar que o valor médio pago pelo Bolsa Família é de R$ 200. E esperando ainda que a quantidade de pessoas beneficiadas pelo programa aumente em torno de 10 milhões.

Unificação dos benefícios

Ainda de acordo com Paulo Guedes, “o auxílio vai começar a descer e vai aterrissar no renda básica. Vai juntar o abono salarial, o Bolsa Família, mais dois ou três programas focalizados e vai criar o Renda Brasil. E vai ser acima do Bolsa Família.

Ainda segundo o ministro, muitas pessoas que vivem dos R$ 600 não preenchem as características de vulnerabilidade por que são trabalhadores informais, sendo necessário se encaixar em algum outro Programa Social.

A ideia é que os trabalhadores sejam atendidos através da Carteira Verde e Amarelo, programa que visa incentivar os trabalhadores a voltarem ao trabalho logo após a pandemia do novo coronavírus.

Fim da dedução do imposto de renda

Além de querer unificar os programas, o Governo deseja cancelar os benefícios tributários para que o caixa do Renda Brasil aumente e ainda garanta mais R$ 18 bilhões.

E para isso é necessário o fim da desoneração por parte dos produtos da cesta básica, tendo um potencial de arrecadação de R$ 4 bilhões.

Além disso, também estão na mira do Governo as deduções do imposto de renda com despesas médicas, com alimentantes e dependentes, que garantiria mais R$ 4 bilhões.

Veja também:

+ PIS Emergencial de até R$ 1.045 disponível – consulte.  

++ Saiba como solicitar o Seguro Desemprego pela internet. 

Tributação de fundos exclusivos

Outra medida que está em estudo que visa custear o novo Renda Brasil é a tributação de fundos exclusivos. Os fundos são usados pelas famílias ricas para realizar investimentos a longo prazo e concentrar toda carteira de ações e de renda fixa em apenas um local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima