Veja Como Fazer Um Empréstimo Com O Cartão Bolsa Família

Criado em 2013 com o intuito de ajudar os mais necessitados, o Bolsa Família é um auxílio que disponibiliza renda para famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Inclusive, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, o Bolsa Família auxilia mais de 13 milhões de famílias.

O programa funciona como uma renda direta do Governo para as pessoas que tem direito. As famílias e as pessoas usam o benefício para superar a situação de vulnerabilidade social, já que um valor é depositado de forma mensal.

Através dele, as famílias terão acesso à educação, alimentação e saúde básica.

Mas, ao ter acesso ao benefício, as famílias podem ter acesso a o Empréstimo Bolsa Família. O empréstimo é uma linha de crédito chamado de Microcrédito Progredir. A finalidade do programa é que as famílias tenham uma renda maior.

1 – Desenvolvimento de negócios pequenos em comunidades e áreas carentes;

2 – Ajudas as pessoas que não possuem condição para abrir o próprio negócio;

3 – Melhoras as condições de moradia e educação das famílias.

Mas quem tem direito ao Empréstimo Bolsa Família?

Bem, para ter acesso ao Empréstimo Bolsa Família, ou melhor, microcrédito, é necessário que a família possua renda mensal de até R$ 178,00 por membro familiar. Vale salientar que o grupo familiar deve ser cadastrado no Bolsa Família.

Outra informação bem importante que o grupo familiar para solicitar o empréstimo deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais.

Requisitos para solicitar o Empréstimo Bolsa Família

Para ter acesso ao Empréstimo Bola Família e necessário cumprir alguns requisitos, confira:

– Ter integrante familiar com idade superior a 16 anos e que esteja recebendo o Bolsa Família;

– Todos os componentes da família devem apresentar Carteira de Identidade (RG) válida, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Título de Eleitor na prefeitura mais próxima para atualizar os dados;

– Crianças e jovens entre 6 e 17 anos devem estar matriculados nas escolas;

– As mulheres da família devem estar participando de ações da saúde da mulher através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS);

– Ter renda própria, além do Bolsa Família, que esteja validado através da Carteira de Trabalho assinada e deve comprovar renda;

– Disponibilizar um fiador caso haja inadimplência;

– Assinar termo de compromisso que autorize todos os meses a visita de um fiscal do Governo.

E como solicitar o Empréstimo Bolsa Família?

Mesmo sendo um empréstimo fornecido pelo Governo, para ter acesso ao crédito é necessário passar por uma análise para saber se é possível ou não. Essa etapa do procedimento é realizada na Caixa Econômica Federal da seguinte maneira:

1 – Agendar uma visita do agente da Caixa Econômica e esperar junto com o fiador;

2 – Deve esperar 8 dias após a visita do agente. Esse é o tempo de análise;

3 – Após aprovação, basta esperar que o valor seja liberado pela Caixa Econômica.

Outro detalhe importante é que após a liberação do Empréstimo Bolsa Família é necessário ir até uma agência Caixa munido dos documentos necessários.

Taxa de juros Empréstimo Bolsa Família

A taxa de juros do Empréstimo Bolsa Família é um acréscimo realizado todos os meses nas parcelas do valor obtido. Contudo, os juros do empréstimo não é um valor fixo, deve-se levar em conta alguns fatores.

– O valor que o solicitante deseja

– Quantidade de parcelas do empréstimo

– Situação atualizada do beneficiário

Veja também: 

+ Carteira de Motorista gratuita – solicite.

++ Saiba como vai funcionar o Cadastro Único Digital.

E qual é o valor do empréstimo?

Bem, o valor do empréstimo é definido de acordo pela instituição financeira do Governo após avaliação. Mesmo assim, o solicitante deve definir o valor desejado.

E o valor do empréstimo será definido de acordo com as seguintes condições:

– Motivo para solicitar o empréstimo

– Se existe a possibilidade de o empréstimo não ser pago todos os meses

– Há quanto tempo a família recebe o Bolsa Família

– Se a parcela tem um valor abaixo de 30% da renda do solicitante

De toda forma, o valor máximo do Empréstimo Bolsa Família é de R$ 15 mil. Mas de acordo com uma média feita através dos empréstimos já concedidos, o valor fica em torno de R$ 4 mil.

Ao solicitar, leve em consideração o valor que realmente é necessário e a quantidade de parcelas. Dessa forma, o cumprimento do pagamento será mais tranquilo e seguro.

Para mais informações acesse o site Caixa Econômica ou ligue para o telefones disponíveis: 0800 726 0101 ou 0800 725 7474.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima