Seguro De Carro Por Minuto: Até 80% Mais Barato Que O Tradicional

Regulamentado desde agosto de 2019, pouca gente conhece o seguro de carro por minuto. A utilização dessa modalidade de seguro por parte dos usuários pode sair até 80% mais barato do que o tradicional.

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) regulamentou em agosto do ano passado, seguro de carro reduzido, ou melhor, personalizado. Os contratos personalizados significa usar de acordo com dias, meses, horas, minutos ou restritos a viagens e trechos. Além disso, eles serão usados através do chamado pay per use.

Muitas empresas grandes do mercado ainda não estão trabalhando com essa modalidade de seguro de carro, mas na contra mão disso, existem algumas que já disponibilizam: Onsurance, Youse e Thinkseg.

O maior atrativo dessa modalidade de seguro de carro é o preço. Em média, ele chega a ser 50% menor do que o convencional. Na verdade, essa modalidade de seguro, o produto não fica mais barato, mas fica mais justo.

O Desconto pode ser ainda maior

Para as pessoas que usa pouco o veiculo, o seguro do carro chega a ser 80% mais barato. Exemplo:

Se um cidadão contratar o serviço de seguro de carro por minuto no início do ano, em nove meses, ela gastaria no máximo 560 reais. Em um seguro convencional, esse valor pode chegar a 250 reais mensais, ou seja, em dois meses já chegaria ao valor de seguro de carro por minuto.

Outro exemplo que pode ser citado é uma pessoa que está sem seguro há um ano porque custava 2,5 mil reais. Dessa forma, ela contratou a modalidade de seguro de carro por minuto e o serviço ficou, no mínimo, 50% mais barato. Afinal de contas, ela usava o carro duas horas por dia.

Para consumidor é necessário lembrar que o seguro de carro por minuto não pode deixar de acionado todas as vezes que o caro for usado. Isso significa que se acontecer uma batida, por exemplo, todo o processo será feito de forma on-line. Além disso, se a cobertura do seguro não disponibiliza carro reserva, existem algumas operadoras que pagam algumas corridas de aplicativos, por exemplo, UBER.

Como funciona

Para ser ter ideia dessa modalidade de seguro de carro, algumas operadoras oferecem o serviço completo: cobre colisões, roubo, furto, perda total e perda parcial. O valor franquiado varia entre 4% à 8% do valor total do automóvel.

O funcionamento é muito parecido com o funcionamento de um celular pré-pago. Existe a necessidade de comprar um pacote de créditos para haver ativação e assim, ele poderá ser usado. Esse pacote pode partir do valor de 999 reais com o parcelamento igual a uma apólice anual. Vale salientar que o crédito não tem validade e ele fica guardado em uma espécie de carteira digital. Depois usa-lo, é necessário fazer recargas com valor mínimo de 299 reais.

Quando o serviço estiver disponível, o segurado deve aciona-lo no momento em que for usar o carro e caso o carro fique parado em casa, ele poderá desligar se sentir que não há necessidade e os créditos não serão consumidos.

Para se ter ideia do valor do seguro de carro por minuto, um carro popular que custa 30 mil reais, essa proteção pode custas 0,5 centavos/minuto. Em um percurso que dura meia hora, ela vai sair com o valor em torno de 30 centavos por hora.

O consumo de crédito vai variar de acordo com os padrões de direção que é monitorado através de um dispositivo instalado no carro. Os dados são coletados através de inteligência artificial para realizar o calculo personalizado.

Se o cliente começar a correr acima da velocidade permitida, por exemplo, o valor cobrado pode ser maior. Mas isso não é uma punição, mas uma cobrança pelo direito de o cliente escorregar.

Outra informação importante é que o sensor do carro permite uma marcação de uma área restrita onde o carro possa ficar, por exemplo: a garagem. Dessa forma, ele será acionado quando o carro sai do local demarcado. Além disso, todo o processo ficará mais automatizado conforme o uso do equipamento, em outras palavras, “ele vai entendendo os hábitos do usuário”.

É muito importante o cliente ligar o alerta quando o carro for ser usado. Caso ele não esteja funcionando, não será disponibilizado nenhum tipo de indenização.

Havendo a necessidade de um sinistro do seguro de carro, o contato é feito através do chatbot Facebook e em tempo real. Através dele, a operado localiza o cliente e o contato com o fornecedor é feito diretamente.

Veja também:

+ Qual é o melhor cartão de crédito sem anuidade? Digio ou Nubank?

++ SEBRAE oferece mais de 100 cursos gratuitos – confira. 

A concorrência do seguro de carro por minuto

Na Youse, o valor mensal pode ser contratado e caso o cliente queira, pode ser cancelado a qualquer momento. Além disso, a operadora dá a possibilidade de mudar as características da apólice do seguro de carro. Essas mudanças podem ser feitas de acordo com informações com condutor, entre outros.

Já a Thinkseg oferece o seguro de carro por minuto com uma parcela fixa mais uma variável de acordo com a utilização do veículo, que significa quilometragem rodada mais a forma de condução do veículo.

Segundo Márcio Corialano, presidente da confederação das seguradoras (CNseg), o seguro de carro por minuto deve ser disponibilizado para outros meios como patinete, bicicletas e até celulares.

São os candidatos naturais para esse tipo de seguro, que já é bastante difundido nos Estados Unidos e na Europa”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima