Auxílio Do Governo De R$ 600 Começa A Ser Pago Nesta Quinta – Confira A Tabela

A parcela do auxílio emergencial que o Governo vai disponibilizar para trabalhadores informais começa a ser paga nesta quinta, dia 09.

O auxílio tem como ideia amenizar os efeitos na pandemia coronavírus. O valor do benefício será de R$ 600 para cada pessoa e dependendo das condições, até duas da mesma casa poderá ter acesso. Totalizando um valor de R$ 1200.

Os pagamentos serão concedidos entre os dias 09 (quinta) e 14 (terça). A última parcela do benefício deve ser paga no final de maio.

De acordo com o governo, quem se cadastrou nesta terça (07) poderá receber o auxílio já nesta quinta (14). A segunda parcela deve ser paga entre os dias 27 e 30 (abril). Já a terceira será paga será paga entre os dias 26 e 29 (maio).

Tabela do pagamento do auxílio

1ª Parcela

P/quem tem poupança Caixa ou conta BB

A partir do dia 9/4

Outros beneficiários

Até dia 14/4

2ª parcela

Nascimento

Data do pagamento

Jan, Fev e Mar

27/04

Abr, Mai e Jun

28/04

Jul, Ago e Set

29/04

Out, Nov e Dez

30/04

3ª Parcela

Nascimento

Data do pagamento

Jan, Fev e Mar

26/05

Abr, Mai e Jun

27/05

Jul, Ago e Set

28/05

Out, Nov e Dez

29/05

O dinheiro será concedido através de conta especial, que é chamada de poupança social digital. A conta especial será disponibilizada pelo banco sem a obrigatoriedade de apresentar documentos.

Veja também:

+ Financie seu veículo pelo Banco Santander. 

++ Veja como se inscrever no Cadastro Único. 

Qual o valor do auxílio e durante quanto ele será pago?

Cada pessoas que tem direito a receber vai ter direito a uma quantia de R$ 600 durante três meses. Mas de acordo com o governo, o benefício será concedido por mais tempo caso a pandemia de coronavírus dure mais que o esperado.

Mas quem tem direito ao benefício?

Para ter acesso ao benefício é obrigatório se encaixar em algumas características: ser maior de 18 anos, trabalhador informal, autônomos, trabalhadores que estão sem carteira assinada, MEI (Micro Empreendedor Individual), desempregados e contribuintes da Previdência Social (individual).

Além disso, devem ser seguidos alguns limites de renda para receber o auxílio:

– A família deve possuir renda mensal total de até R$ 3135;

– Cada individuo deve possuir renda de até R$ meio salário mínimo;

– Não deve ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.

A renda média da família será analisada pelo Cadastro Único. Regra valida para os cadastros feitos até 20 de março de 2020. Para os que não estão cadastrados, uma autodeclaração em plataforma digital deverá ser realizada.

Os funcionários públicos não terão acesso ao benefício. Regra valida também para funcionários públicos sob contrato temporário.

Pessoas que receber o BPC ( Benefício de Prestação Continuada), seguro desemprego, aposentadoria ou pensão também não terão direito.

As pessoas que recebem o Bolsa Família terão acesso ao auxílio, mas terão que optar pelo que for mais vantajoso.

Acesso agora mesmo o site da Caixa e obtenha mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima