Intercâmbio Voluntário – Você Já Ouviu Falar?

Chamado também de intercâmbio social, o intercâmbio voluntário seleciona pessoas para trabalhar em projetos sociais em outros países.

Além do crescimento pessoal e solidariedade, existem também vantagens profissionais na iniciativa, como se especializar na conversação do idioma local com a experiência, além do enriquecimento do currículo, que se torna bem visto diante de empregadores.

Áreas de atuação do Intercâmbio

Os núcleos de atuação de um Intercâmbio podem ser voltados para crianças carentes, animais e saúde, entre outras. Muitos profissionais são selecionados para auxiliar com alfabetização e recreação para crianças que vivem em condições precárias.

Alguns voluntários ficam responsáveis por atividades culturais e educacionais, como dança e teatro. Voluntários que atuam na área da saúde também são selecionados para auxiliar médicos e pacientes de forma voluntária. A ajuda na reabilitação de animais selvagens também é uma opção.

Destinos

Apesar de os destinos mais comuns serem países com problemas socioeconômicos, como a Índia, Sri Lanka e Tailândia, países com melhor situação como a Turquia estão na lista.

Para conhecer os destinos e tipos de serviço, é possível se informar com intermédio de agências de intercâmbio, que contam com diversas opções de estadia mínima de duas semanas.

Veja também: Dicas de como conseguir passagem aérea barata.

+++ Cartão de Crédito Nubank – zero anuidade. 

Custos de um Intercâmbio 

O custo com as passagens aéreas é por fora fica por conta do voluntário. O intercâmbio inclui a hospedagem, que pode ser em quarto compartilhado, refeições ou parte delas, dependendo do pacote, e o traslado até o local de trabalho. Tudo isso costuma sair em torno de U$800,00, mas varia de acordo com o tempo e local.

Há uma rede global de nome Aiesec que também encaminha estudantes universitários de todo o mundo para os intercâmbios sociais. É necessário que os candidatos passem por uma entrevista. A taxa custa cerca de R$900,00 e as passagens aéreas também ficam por conta do candidato.

Uma outra forma de se conseguir um intercâmbio social é entrando em contato direto com ONGs internacionais que ofereçam esse tipo de programa.

Experiência

Além do crescimento humano e satisfação pessoal em ajudar o próximo, o intercambista ainda tem a chance de trabalhar no país e conviver com nativos e outros voluntários de diferentes países do mundo, entrando em contato dessa forma com vários idiomas e culturas. Há também a atraente oportunidade de conhecer o país e suas atrações locais e história por um tempo maior e custo menor que em uma viagem de turismo.

O voluntário retorna ao seu país de origem trazendo na bagagem uma experiência profissional e de vida de valor incalculável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima