cadastro único

Cadastro Único – Bom Para Você E Para Sua Família

O Cadastro Único é uma série de informações sobre as famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Todas essas informações ajudam o Governo Federal, estados e municípios e implantarem politicas sociais para melhoria dessa famílias.

Duas categorias são disponibilizadas para o cadastro das famílias de baixa renda.

– As famílias que ganham até meio salário minimo por individuo;

– As famílias que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal.

Cadastro Único + Programas do Governo Federal

cadastro único

Para participar de algum dos programas do Governo Federal é necessário estar com o cadastro atualizado.

Confira os programas disponíveis para participação.

1 – Bolsa Família;

2 – Minha Casa Minha Vida;

3 – Bolsa Verde – Programa de Apoio a Conservação Ambiental;

4 – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI;

5 – Programa de Formento as Atividades Produtivas Rurais;

6 – Carteira do Idoso;

7 – Aposentadoria para as pessoas de baixa renda;

8 – Programa Brasil Carinhoso;

9 – Programa de Cisternas;

10 – Telefone Popular;

11 – Carta Social;

12 – Pro Jovem Adolescente;

13 – Tarifa Social de Energia Elétrica;

14 – Passe livre para as pessoas com deficiência;

15 – Isenção de taxas em concursos públicos.

+++ Confira o Novo FIES 2020. 

Veja também: Empréstimo Bolsa Família 2020 – confira as condições.

Confira como funciona o Cadastro Único

Todos os municípios, de maneira periódica, visitam as famílias para avaliar um possível cadastramento. A ideia é identificar as famílias que se encaixam no perfil do Cadastro Único.

Se a própria família identificou que atende aos requisitos, pode procurar o CRAS de sua região para o cadastramento.

O ideal é cada família disponibilizar um responsável para responder as perguntas ao funcionário do município.

Vale salientar que a pessoa responsável deve ter idade superior a 18 anos, deve fazer parte da família o moras na mesma residência.

Os municípios preferem as mulheres e elas devem ter o CPF atualizado ou titulo de eleitor.

Se a família for indígena ou quilombola, a pessoa responsável deve estar com os seguintes documentos:

– Certidão de nascimento;

– Certidão de casamento;

– CPF;

– Carteira de identidade;

– Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena – RANI;

– Carteira de trabalho;

– Titulo de eleitor.

Confira algumas dicas para realizar o Cadastro Único

1 – Disponibilize um comprovante de residência atualizado. A preferência é que seja de água ou de luz;

2 – Mantenha todos os dados atualizados.

Outro dica importante é que se houver alguma mudança na família, como o nascimento de um filho, é que essa informação seja disponibilizada. Ou ainda se houver mudança de casa ou de trabalho, a pessoa responsável deve procurar imediatamente o CRAS.

Outras mudanças como alteração da renda familiar, alteração de telefone, mudança de endereço, mudança de estado civil, adoção ou falecimento de algum membro da família, devem ser informados.

O Cadastro Único garante a possibilidade de participar dos programas do Governo Federal, ou seja, haverá uma seleção para um possível cadastramento. Ele ainda dá direito a participação de outros programas.

Todos os meses, as seleções ocorrem e as famílias são informadas se forem selecionadas.

Para obter mais informações sobre o Cadastro Único acesse o site do Governo Federal ou ligue para: 0800 726 0101.

cadastro único

2 comentários em “Cadastro Único – Bom Para Você E Para Sua Família”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima