Empréstimo Bolsa Família 2020 – O Que É E Como Funciona

O Bolsa família, um dos maiores programas sociais do Governo Federal, disponibiliza empréstimo para pessoas que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza. É o Empréstimo Bolsa Família.

O solicitante pode usar o empréstimo para melhorar de vida. A ideia é ajudar as famílias a investir no próprio negócio.

O dinheiro pode ser investido na construção de uma lojinha ou na abertura de uma lanchonete na própria região.

Mas não por aí. O Empréstimo Bolsa Família pode ser usado na educação pessoal ou na educação de algum outro membro da família.

O que é o Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa social criado pelo governo em 2003 com a ideia de diminuir a desigualdade social existente no Brasil, O programa visa atender famílias que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza.

A medida provisoria que viabiliza o programa é a 132 e foi transformada em lei no de 2004 (lei federal 10.836). Antes do beneficio, já existiam outros programas sociais e por causa disso, houve a unificação de todos os programas.

Atualmente, mais de 14 milhões de pessoas tem direito ao benefício com um valor médio de recebimento de R$ 186,00. Esse valor é disponibilizado para pessoas que não possuem ou não conseguem emprego fixo.

Em média, por mês, o Governo Federal, investe cerca de 2 bilhões de reais no programa. O que faz do Bolsa Família o maior programa social do Brasil. Através dele milhares de pessoas tem acesso a melhores condições de vida e crianças, jovens a adultos são integrados a sociedade.

O Governo Federal entende que algumas famílias necessitam mais do que outras e por causa disso, o valor disponibilizado é distribuído de acordo com cada beneficio em que cada família se encontra.

Confira quem tem direito ao Bolsa Família 

Para receber o benefício é necessário que a família esteja em situação de pobreza ou extrema pobreza. Dessa forma, elas terão direito ao Empréstimo Bolsa Família. O valor disponibilizado do benefício fica entre R$ 89,01 e R$ 178,00.

As famílias que são consideradas extremamente pobres, tem uma renda de R$ 89,00/pessoa. Já as pessoas que são considerados pobres podem participar do programa de tiverem filhos de até 17 anos de idade ou se a parceira estiver grávida.

As famílias que desejam receber o Bolsa Família devem se encaixar nas regras do programa. Para se cadastrar é necessário se inscrever no CRAS de sua região. Além disso, as famílias devem estar cadastradas no Cadastro Único para os Programas Sociais do Governo. Para se inscrever é necessário estar com os documentos necessários.

Confira também: Empréstimo Pessoal Simplic. 

++ Universidade disponibiliza mais de 20 cursos gratuitos – confira.

Empréstimo Bolsa Família – como funciona 

Lançada em 2017, o Empréstimo Bolsa Família já atendeu milhares de pessoas. Ele ajuda aos mais necessitados a investir no próprio negócio disponibilizando um MicroCrédito. Além disso, o empréstimo pode ser usado na melhoria da educação.

O Governo Federal enxerga o Empréstimo Bolsa Família como uma grande oportunidade para as pessoas que estão cadastradas. Muitas pessoas não sabem, mas a ideia do programa é inserir da melhor maneira possível essas pessoas na sociedade melhorando as condições de vida de cada uma.

Para conseguir é necessário: 

1 – Ter fiador;

2 – Ter uma renda parte além do Bolsa Família;

3 – Será necessário permitir a visita de representantes para avaliação do programa.

O objetivo da visita é avaliar patrimônio e renda. Esses dois pontos são de suma importância para a aprovação do empréstimo.

O valor do empréstimo fica entre R$ 3 mil e R$ 4 mil. Ele será definido de acordo com cada microempreendedor.

Preenchendo todo o cadastro e atendendo as exigências é bem provável que o Empréstimo Bolsa Família seja disponibilizado.

A taxa de juros é baixa porque o programa visa atender pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza. Isso garante um número baixo de inadimplência. Desde o início do programa, o Governo Federal separou mais de 3 bilhões de reais.

Veja quem tem direito ao Empréstimo Bolsa Família 

Para ter direito ao Empréstimo Bolsa Família é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal. Caso o interessado esteja cadastrado, pode solicitar o empréstimo.

Outros requisitos para ter direito ao Empréstimo Bolsa Família: 

– Deve estar com o cadastro em dia e sem inadimplência no Bolsa Família;

– Deve estar em dia no Cadastro Único;

– Deve ser considerado de família pobre;

– Estar com todas as crianças e adolescentes matriculadas e ativas em escola;

– Todas as mulheres devem estar participando dos programas de saúde exigidos pelo governo.

Solicite o Empréstimo Bolsa Família 

Para solicitar o Empréstimo Bolsa Família é necessário estar dentro das regras exigidas. O banco responsável pelo pagamento é a Caixa Econômica. É bom ficar atento a todas as regras porque ela é alta.

– Tenha em mãos todos os documentos e o cartão do benefício;

– Em uma agência Caixa solicite seu empréstimo junto com o fiador e os documentos;

– Encontre um representante legal do programa e solicite.

Após esse procedimento, todas as condições do solicitante serão avaliadas e uma visita será agendada. Em seguida, dentro de um prazo de 8 dias, a resposta será dada. Então, o valor do Empréstimo Bolsa Família será conhecido e ficará disponível para retirada.

Acesse o site Caixa Econômica e consulte todas as condições.

0800 726 0101 – SAC.

0800 725 7474 – Ouvidoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima