minha casa minha vida

Minha Casa Minha Vida 2020 – Excelentes Condições

Nas condições financeiras atuais do mercado, realizar o sonho de ter uma casa própria pode parecer um sonho impossível, mas para quem deseja adquirir o próprio imóvel, o Minha Casa Minha Vida disponibiliza excelentes condições. 

As instituições de financiamento exigem altos valores de entrada e grande taxa de juros no pagamento da mensalidade, tornando dessa forma inviável a aquisição de qualquer tipo de residência.

O programa Minha Casa Minha Vida foi desenvolvido pelo Governo Federal em parceria com os governos estaduais e municipais no ano de 2009, com o intuito de facilitar o acesso ao financiamento de imóveis tanto para aquisição como para construção, contribuindo dessa forma para a amenização do déficit habitacional brasileiro.

Benefícios do Minha Casa Minha Vida

minha casa minha vida

São inúmeros os benéficos ao optar por fazer adesão ao programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, confira:

1 – Menor taxa de juros

Os clientes podem os usufruir de uma das menores taxas de juros do mercado (A partir de 5% ao ano).

2 – Maior prazo de financiamento

O programa Minha Casa Minha Vida possui o maior prazo de financiamento do mercado (podendo ser feito em até 360 meses que equivalem a 30 anos).

3 – O FGTS pode ser utilizado para pagar o valor referente ao imóvel

Para utilizar o FGTS para o pagamento do Minha Casa Minha Vida é necessário:

  • Ter sob o regime do FGTS no mínimo 36 meses de trabalho;
  • Não possuir nenhum tipo de financiamento no Sistema Financeiro de Habitação;
  • Não ter utilizado o FGTS para quitação ou aquisição de outro imóvel nos últimos 5 anos.

Aporte financeiro oferecido pelo governo

O governo oferece de um aporte financeiro de um subsídio para a realização da compra de um determinado imóvel através do Minha Casa Minha Vida, por exemplo:

Caso você deseje solicitar o financiamento de um imóvel no valor de R$ 115 mil e consegue adquirir um subsídio do Governo Federal no valor de R$ 15 mil, terá que efetuar o pagamento de apenas R$ 100 mil.

Algumas características e fatores particulares devem são levadas em consideração para receber o subsídio através do Minha Casa Minha Vida.

  • Renda na qual o solicitante se encaixa;
  • Região onde será efetuada a compra da residência;
  • Valor do imóvel a ser adquirido.

Atendimento especializado

Pensando no conforto e na comodidade dos clientes, o programa Minha Casa Minha Vida disponibiliza um atendimento especializado de acordo com o financiamento escolhido em diversos pontos de atendimento específicos.

Em caso de dúvidas, a caixa disponibilizou um canal exclusivo no youtube como o nome de “Programa Caixa de Olho na Qualidade”.

+ Cartão de Crédito Marisa.

++ Bolsa Família 2020 – acesse as condições.

Faixa de renda necessária para adesão do Minha Casa Minha Vida 

Para fazer a inscrição no programa Minha Casa Minha Vida é necessário comprovar renda menor que R$ 9.000,00. As taxas de juros variam de acordo com a renda do solicitante.

Renda Familiar Faixa Necessidade de entrada
Até R$ 1.800,00 1 Pode ser que não necessite de entrada
Até R$ 2.600,00 1,5 Pode ser que não necessite de entrada
Até R$ 4.000,00 2 Pagamento de entrada obrigatório
Até R$ 9.000,00 3 Pagamento de entrada obrigatório

Requisitos para obter o Minha Casa Minha Vida 

Para fazer o cadastramento no programa Minha Casa Minha Vida é necessário atender a alguns requisitos, confira:

  • Possuir uma renda familiar que esteja dentro das faixas estabelecidas pelo programa;
  • Não possuir vínculo empregatício  com a Caixa Econômica Federal;
  • Não ter recebido nenhum tipo de benefício relacionado a programas habitacionais;
  • Não possuir nenhum tipo de imóvel em seu nome;
  • Não possuir registro negativo nos órgãos de proteção ao crédito.

Documentação necessária para adquirir Minha Casa Minha Vida 

 Para participar do processo de adesão do Minha Casa Minha Vida é necessário ter os seguintes documentos:

  • Comprovante de residência atualizado;
  • Declaração de contribuição do Imposto de Renda;
  • Documentos de identificação: RG e CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • FGTS;
  • Comprovante de estado civil (certidão de casamento averbada para divorciados, certidão de casamento para casados, certidão de nascimento para solteiros);
  • Comprovante de renda.

*Se tratando de trabalhadores assalariados é necessário apresentar o comprovante de renda dos últimos 6 meses.

*Já para trabalhadores autônomos a comprovação poderá ser feita por meio da declaração de Imposto de Renda, RPA – Recebimento de Pagamento Autônomo, extratos bancários, comprovante de prestação de serviço, etc.

Confira tudo sobre o Minha Casa Minha Vida clicando aqui

minha casa minha vida

2 comentários em “Minha Casa Minha Vida 2020 – Excelentes Condições”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima