CPF

CPF Regularizado: Saiba Como Manter E Como Regularizar

Todos nós sabemos que O CPF é um dos documentos mais importantes que uma pessoa deve possuir.

O CPF é um registro que fica armazenado no site da Receita Federal com informações pessoais de cada pessoa, ou seja, é um documento que tem um banco de dados.

E cada pessoa tem uma numeração especifica no CPF composta por onze dígitos, ou seja, é numeração de identificação pessoal.

CPF: você deve mantê-lo atualizado

CPF

Quando o CPF está atualizado implica várias situações positivas ficam disponíveis na vida da pessoa.

É importante para realizar movimentações financeiras, ter acesso a serviços públicos, para realizar procedimentos obituários, casamento, paternidade, aposentadoria, declaração de imposto de renda e várias outras coisas.

É muito importante saber que o CPF é um documento pessoal e que nunca, de forma alguma, deverá ser emprestado para outra pessoa. Algumas pessoas o usam para fazer coisas erradas e cometer fraudes causando um transtorno grande na vida da pessoa.

A Receita Federal faz o alerta, dizendo que é muito comum algumas pessoas usar o CPF de outra pessoa para abrir empresas fantasmas ou para enviar declaração de imposto de renda. Essas duas situações causam danos a vida do dono do CPF e são fraudulentas.  

Lembre-se que toda e qualquer documentação deve sempre estar atualizada, pois se qualquer problema acontecer, será resolvido de forma mais rápida e sem questionamento algum.

CPF – dúvidas e esclarecimentos

Como foi dito antes, o CPF é um documento pessoal que é utilizado para várias funções, sendo a principal a identificação na Receita Federal.

Ele também é muito usado em organizações públicas, privadas, agências bancárias, órgãos do governo e empresas privadas de forma geral. Todas essas instituições usam o CPF para analisar as pessoas.

E para emitir o CPF, basta a pessoa se ir até o Banco do Brasil, Caixa Econômica ou em uma agência dos Correios. Para isso é necessário o pagamento de um valor pequeno.

Os documentos necessários para solicitar o CPF são:

1 – Se for menor de 16 anos: Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Nascimento;

2 – Se for maior de 16 anos: Carteira de Identidade (RG);

3 – Se a pessoa tiver entre 18 e 69 anos: é necessário ter o Título de Eleitor.

O número do CPF é emitido apenas uma vez e cada pessoa vai usar esse número até o final da vida.

Para cancelar, de acordo a Receita Federal, é necessário acontecer duplicidade, ordem judicial ou se a pessoa falecer.

Se alguém usar o seu CPF de forma errada, ou seja, de forma indevida, o ideal é se dirigir até a polícia. É muito importante passar todas as informações possíveis para a polícia porque o CPF é de uso pessoal e não existe possibilidade de cancelamento.

Através do site da Receita Federal é possível tirar o CPF em duas situações:

1 – Pessoas entre 16 e 25 anos, devendo estar com o Título de Eleitor regular;

2 – Em qualquer outra situação através de algum órgão conveniado.

Pelo site da Receita será cobrado uma pequena taxa de R$ 7,00 reais.

Veja também:

Veja como consultar o seu CPF

Para consultar se o seu CPF está regular ou não, basta entrar no site da Receita Federal.

Poderá acontecer as situações a seguir:

1 – Regular;

2 – Pendente de regularização;

3 – Suspensa;

4 – Cancelada;

5 – Nula.

Ainda pelo site da Receita é possível imprimir a situação atualizada do CPF. Ah, e o número dele poderá estar inscrito nos seguintes documentos:

1 – Carteira de Identidade (RG);

2 – Carteira de Habilitação (CNH);

3 – Certidão de Nascimento;

4 – Carteira de Trabalho e Previdência Social;

5 – Carteira de Identidade Profissional;

6 – Carteira funcional emitida pelos órgãos públicos.

Acesse o SITE DA RECEITA FEDERAL e consulte mais informações. É muito importante manter o CPF atualizado para que nenhum problema ocorra e para ter a diversos serviços a disposição.

CPF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima